BUSCAR:

NOTÍCIAS

24/7/2017
BNDES financia projeto de redução de gases poluentes em termelétricas na FEM-Unicamp

O BNDES e a Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) aprovaram financiamento de R$ 10 milhões para nova tecnologia voltada à redução das emissões de gases do efeito estufa em termelétricas, capitaneado pela Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp, tendo como coordenadores os Professores Paulo R. G. Kurka e Auteliano A. Santos Jr. Os recursos serão geridos pela Fundação de Desenvolvimento da Unicamp (Funcamp/SP).
O processo consiste na quebra de gases de exaustão nas usinas, tendo sido testado em laboratório e estando atualmente na fase de construção de protótipos. Como próximos passos, o processo será testado em escala industrial com a instalação de um dispositivo em uma chaminé da termelétrica da CSA no Rio de Janeiro, RJ.
O dispositivo instalado será baseado em componentes cerâmicos, que serão superaquecidos por meio de micro-ondas até 1500°C. As moléculas de gases poluentes, após um tempo de exposição a essa temperatura, serão quebradas em elementos inertes. Com isso, o processo reduz significativamente a produção dos gases danosos, como gás carbônico, óxidos nítricos e de enxofre.
Os recursos do BNDES virão do Fundo Tecnológico (FUNTEC) e os da CSA virão de seu programa de pesquisa e desenvolvimento firmado com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Os recursos serão utilizados ao longo de três anos, tendo a participação da Microondas Desenvolvimentos e Tecnologias Ltda (Innovatus), empresa incubada na Companhia de Desenvolvimento do Polo de Alta Tecnologia de Campinas (CIATEC).

BNDES: http://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home




Veja mais Notícias
© 2013 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
PRODUZIDO POR NEO INTERNET